| CONCIERTOS MAYO 2012 | PORTUGAL | BERNA |

Orquestrada (Portugal)

— 02.05.12., 20h30 (puertas), bee-flat Konzerte im Progr, BERNA —

Marta Miranda (voc), Jean Marc Pablo (b), Lima João (g, per, key), Nelson Almeida (acc), Gerson Marta (g, voc), Moisés Fernandes (tp)

ÜBERMÜTIGES PORTUGAL
Nein, Portugal ist nicht nur Fado und Schwermut. Im äussersten Westen Europas gibts auch lebensfrohe und festliche Musik. Die Band OqueStrada beweist das nur allzu gut. Mit Charme und Übermut wirbelt sie Musette, Ska, Walzer, Chanson, Pop und Balkanfolk mit einem Hauch von Fado durcheinander. Der Einfluss der Einwanderer ist eben auch in Lissabon zu spüren, sagt Sängerin Marta Miranda, vor allem in den portugiesischen Kneipen, den Tascas. OqueStrada verbindet diese familiär-ausgelassene Stimmung mit einem rauschenden Musikfest.

| beef-flat | orquestrada |


OqueStrada inova e agita as tradições da música portuguesa

— Lola Gruber —
Por vezes somos profetas no nosso país. OqueStrada inventou sua própria categoria: o TascaBeat – a batida da tasca da esquina, em suma: um cocktail muito português de prazer de viver e de doce nostalgia. Com um espírito subversivo e uma mistura inédita de instrumentos – guitarra portuguesa, acordeão, a contrabacia (uma bacia transformada em contrabaixo de uma corda só) ou a surpreendente “cadeira-percussão” -, OqueStrada conseguiu capturar a essência do país, tanto na sua música como no seu percurso de 10 anos. Um projecto que reivindica “um piscar de olhos ao fado, um som atento a um país esquecido que canta com glamour proletário as ruas de Lisboa e fala de subúrbios luminosos”.

O seu percurso decidiram-no fora de estúdios e das modas, desbravando caminho deixando uma trilha de cidade em cidade, de aldeia em subúrbio, por entre bailes de verão, esquinas de rua, pequenos festivais e tascas.

De cada vez, a energia de OqueStrada transportava o público, conquistado pela sua arte de reinventar a canção, vadiando por o fado de Lisboa, a morna de cabo verde, o hip hop, o punk , a musette.

Foi ao longo dos anos um segredo de muitos, construiu ao vivo e a cores um público fiel, lotou salas e em todo o país circularam gravações piratas… Mas OqueStrada não se apressa. Pioneiro e inspirador de uma nova vaga musical em Portugal, OqueStrada investiu, antes do estúdio, no espectáculo vivo e no contacto directo. Assim, o seu primeiro disco oficial saiu somente em 2009 com o nome de TascaBeat o Sonho Português…

Disco de ouro é um Opus amadurecido ao longo dos concertos… e um postal integral de Portugal de hoje, que promoveu OqueStrada a título de tesouro nacional.

Em 2010 o disco é editado na Europa, desde então as actuações no circuito da World e da Pop multiplicam-se e, numa explosão de riso, os fenomenais OqueStrada, rompem pela Europa.

¡BEM-VINDO AO PAÍS ONDE OS SONHOS TOMAM O SEU TEMPO!







Directorio

Clientes

Partners

REDES SOCIALES

Facebook Grupo

Facebook Página
X

Copyright

It is forbidden to copy any content of this website!